Nossa História

Nossa história começa a mais de 100 anos atrás, ainda no século XIX, quando Amâncio Pires de Arruda, de origem portuguesa, chegou em Santa Maria e por aqui resolveu se estabelecer, nas terras onde ainda hoje encontram-se os vinhedos e a vinícola. Os anos passaram, a cidade cresceu, Itaara tornou-se município e seu neto, Rubens Fogaça, no ano de 1986 iniciou a produção de vinhos no vale onde Amâncio Pires de Arruda havia se estabelecido com a família. Em 1999, a vinícola passa por uma modernização, os vinhedos varietais foram implantados e a qualidade aumentou. Atualmente, a vinícola produz vinhos finos e espumantes em pequena escala e possui vinhedos de uvas finas, conduzidos em espaldeira. Adicionalmente, a Vinícola Velho Amâncio incentiva a pesquisa na área de vinhos e possui parceria com universidades, sendo que já foram elaborados 6 dissertações de mestrado e duas teses de doutorado utilizando-se parte do material e estrutura da vinícola. Esse contato é fundamental para um melhor entendimento das características da nossa região e escolha das técnicas de vinificação mais adequadas as particularidades de nossos vinhedos.